Mandioca: Preços seguem em alta

Agronegócio

Mandioca: Preços seguem em alta

A menor oferta na semana passada também esteve atrelada ao volume de mandioca de segundo ciclo
Por:
175 acessos

As chuvas que caíram na maioria das regiões acompanhadas pelo Cepea na semana passada dificultaram os trabalhos de colheita da mandioca. Dessa forma, o volume de mandioca ofertado à indústria de fécula diminui 26,6% no período. A menor oferta na semana passada também esteve atrelada ao volume de mandioca de segundo ciclo, que segue em decréscimo na maioria das praças. Segundo análises do Cepea, além disso, agricultores demonstram pouco interesse pela colheita do produto de primeiro ciclo, o qual possui rendimento inferior. O preço médio de julho, de R$ 129,70/t, superou em 4,6% o de junho (R$ 123,99/t).


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink