Agronegócio

Mandioca/CEPEA: Média mensal da tonelada posta fecularia sobe 4%

Entre 23 e 27 de setembro, os preços da raiz de mandioca continuaram subindo em todas as regiões
Por:
1525 acessos

Entre 23 e 27 de setembro, os preços da raiz de mandioca continuaram subindo em todas as regiões acompanhadas pelo Cepea. O valor médio semanal a prazo da tonelada de mandioca posta fecularia foi de R$ 396,80 (R$ 0,6901/grama de amido na balança hidrostática de 5 kg), acréscimo de 1,3% frente ao período anterior. A média mensal foi 3,7% superior à de agosto. A demanda por mandioca continua firme nas indústrias de fécula e de farinha, que visam a reposição de estoques. Esse cenário intensifica a disputa pelo produto entre essas empresas, que, inclusive, têm mostrado interesse pela compra de raiz mais nova, ainda que venha rendendo menos em termos de amido. Por outro lado, a disponibilidade de mandioca continua pequena. Segundo pesquisadores do Cepea, apesar de as cotações estarem em patamares elevados, há expectativa de altas ainda mais expressivas. Choveu nos últimos 10 dias em parte das regiões produtoras de mandioca acompanhadas pelo Cepea, melhorando as condições de solo para plantio e colheita da raiz. No geral, produtores optaram pelo avanço dos trabalhos de plantio, em detrimento da colheita. Na semana, a quantidade de mandioca processada na indústria de fécula diminuiu 6,5%, enquanto a ociosidade média na indústria se aproximou de 74% da capacidade instalada.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink