Agronegócio

Mandioca/CEPEA: Preço nominal da raiz é o maior da série do Cepea

A oferta de raiz de mandioca continua restrita no Centro-Sul
Por:
899 acessos

A oferta de raiz de mandioca continua restrita no Centro-Sul, enquanto a demanda segue firme, especialmente por parte de fecularias, que buscam repor estoques. As chuvas recentes levaram alguns produtores a priorizar o plantio. Com a baixa disponibilidade de mandioca, a quantidade processada na indústria de fécula entre 16 e 20 de setembro foi 38% menor que a registrada na semana anterior. Além disso, a quantidade de raízes de segundo ciclo e o interesse pela colheita de mandioca nova também estão menores. Segundo pesquisadores do Cepea, nesse cenário, os preços voltaram a subir. Na semana passada, a média a prazo da tonelada de mandioca posta fecularia foi de R$ 391,62/t (R$ 0,6811/grama de amido na balança hidrostática de 5 kg), acréscimo de 1,8%. Em termos nominais, este foi o maior valor da série do Cepea, iniciada em 2002; em termos reais (deflacionamento pelo IGP-DI de setembro/2013), é a maior desde outubro de 2004. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink