Manejo integrado é o foco da Bayer no Congresso Brasileiro de Plantas Daninhas 2016

Agronegócio

Manejo integrado é o foco da Bayer no Congresso Brasileiro de Plantas Daninhas 2016

Lançamento do tema Diversidade é o Futuro acontece durante XXX Congresso Brasileiro da Ciência das Plantas Daninhas, em Curitiba (PR).
Por:
713 acessos

Diversidade é o Futuro – esta será a nova frente da Bayer para tratar do manejo integrado de plantas daninhas. O pontapé inicial acontece durante o XXX Congresso Brasileiro da Ciência das Plantas Daninhas, que acontece em Curitiba (PR), entre os dias 22 e 26 de agosto. 

Além da iniciativa, o novo herbicida pré-emergente Alion® - voltado para café, citros e cana-de-açúcar, bem como o herbicida pós-emergente Liberty®, que teve sua extensão para a cultura da soja aprovada recentemente e a tecnologia LibertyLink® inserida nas variedades de soja comercializadas pela Bayer, serão os pilares destacados pela empresa no evento.   

Em paralelo aos eventos, a empresa terá um espaço reservado para a iniciativa Diversidade é o Futuro, que contará com a palestra da líder global desta frente Christine Brunel-Ligneau, além da participação das áreas de Digital Farming, Stewardship e do Centro de Expertise de Agricultura Tropical (CEAT), responsável por soluções tecnológicas voltadas aos sistemas produtivos tropicais. 

“O manejo integrado de plantas daninhas prevê iniciativas por meio de sementes tratadas, produtos de proteção de cultivos desenvolvidos com alta tecnologia e serviços customizados para a prevenção da lavoura, além de promover as melhores práticas de manejo no dia a dia do agricultor. Isso mostra que prevenir é melhor do que tratar”, afirma Mário Lussari, gerente de Portfólio de Herbicidas e Reguladores de Crescimento da Bayer. 

O time da Bayer com experiência em manejo de resistência estará presente em diversas palestras ao longo da semana: 

Harry John Strek, líder global do Centro de Competências de Resistência de Plantas Daninhas da Bayer, será um dos palestrantes da abertura do evento, no dia 23, com o tema O desafio de descobrir novos herbicidas e trazê-los para os produtores. 

Marcel Sereguim Cabral de Melo, especialista de monitoramento de resistência plantas daninhas da Bayer, falará no painel Novos Problemas de Resistência no Brasil – Gramíneas (23/08) sobre Resistência de Capim-Amargoso aos herbicidas haloxyfop-methyl e fenoxaprop-p-ehtyl em biótipos da região centro-oeste. 

Adriana Ricci, gerente de Stewardship da Bayer, durante o Almoço das Participantes (sala 4, 23/08) tratará de Oportunidades para mulheres na área de ciência das plantas daninhas. 

Rodolfo Carvalho Cesar de San Juan, agrônomo de desenvolvimento agronômico da Bayer, discursará no painel Novos Herbicidas (24/08) com o tema Alion (Indaziflam): Inovação para as culturas da cana-de-açúcar, citros e café.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink