Manga ganha espaço na região Sul

Agronegócio

Manga ganha espaço na região Sul

Projeto piloto obtém produtividade de 38 frutos/pé
Por:
2180 acessos
Fruta típica de regiões de clima quente, a manga conquista produtores de Concórdia, em Santa Catarina. Estimulados pela Secretaria Municipal da Agricultura, que distribuiu as mudas, eles apostam na produção. Após dois anos, o grupo está satisfeito com a produtividade de até 38 frutos por pé. O projeto piloto de diversificação envolve agricultores de Linha Laudelino. Dentre eles, João Kuskoski que aprovou a experiência. "O que colhemos estamos usando para o consumo da família. Esperamos que no ano que vem seja ainda melhor."


Segundo a pesquisadora da Embrapa Semiárido, Maria Auxiliadora de Lima, a mangueira pode desenvolver-se em diferentes condições climáticas, mas plantios comerciais somente são economicamente viáveis dentro de padrões específicos bem definidos de temperatura, chuva, altitude, insolação, umidade relativa e ventos. A manga não suporta temperatura inferior a 10ºC. Por isso, Sudeste e Nordeste do país respondem por mais de 90% da produção nacional.


Para driblar a limitação do clima, seria preciso colher entre os meses de novembro e janeiro, justamente o período de concentração de oferta que derruba os preços. Dados da Embrapa apontam que a produtividade da manga no semiárido nordestino é a mais elevada do país, variando de 30 toneladas por hectare a 40 t/ha. No Estado, que tem área de 35 ha, a produtividade não passa de 15 t/ha e a produção, segundo a Emater, foi de 448 t em 2011. Maior produtor gaúcho e pioneiro, Leonir Klein começou em 1997. Nos 25 ha, em Poço das Antas, obtém rendimento equivalente ao de São Paulo, 10 t/ha, mas não revela o "segredo profissional" para o resultado. Com a baixa produção, o RS é abastecido por outros estados. E o comércio tem peculiaridades: exportadores gaúchos de citros aproveitam o frete e importam manga.
?
Detect language » Portuguese

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink