Mapa apresenta levantamento sobre transporte marítimo de animais vivos

Agronegócio

Mapa apresenta levantamento sobre transporte marítimo de animais vivos

Trabalho foi desenvolvido com recursos do governo federal e da União Europeia
Por:
679 acessos

Trabalho foi desenvolvido com recursos do governo federal e da União Europeia

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) está realizando um levantamento sobre as condições do transporte marítimo de animais vivos no país. A iniciativa faz parte do Projeto de Apoio aos Diálogos Setoriais entre Brasil e União Europeia e terá seus resultados apresentados no dia 27 deste mês, no auditório da Escola Nacional de Gestão Agropecuária (Enagro), em Brasília (SIA Q6 Bloco C lote 75). Os interessados em participar do evento podem se inscrever gratuitamente pelo email comissao.bea@agricultura.gov.br.

Uma das atividades do projeto sobre as condições de transporte marítimo de animais vivos no Brasil foi uma missão internacional, em que dois técnicos brasileiros visitaram o Porto de Cartagena, na Espanha. Eles observam os procedimentos adotados pelo serviço veterinário espanhol e as instalações utilizadas no embarque e transporte marítimo dos animais. A iniciativa contou com recursos de cerca de R$ 150 mil, dos quais R$ 60,3 mil do Mapa.

Cooperação internacional
Os Diálogos Setoriais Brasil-Europa foram estabelecidos em 2012 por meio de acordo de cooperação entre o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (Mpog) e a União Europeia.

A iniciativa já fez oito convocatórias. O projeto Transporte Marítimo de Animais Vivos foi selecionado na oitava chamada, em 2015, que contemplou também ações para a gestação coletiva de matrizes suínas e abate humanitário em estabelecimentos de pequena escala.
 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink