Mapa avança na discussão de plano nacional que trata da resistência aos antimicrobianos em animais

Agronegócio

Mapa avança na discussão de plano nacional que trata da resistência aos antimicrobianos em animais

Meta é implementar ações alinhadas com comunidade científica internacional até maio de 2017
Por:
498 acessos

A criação de um plano nacional para discutir a resistência aos antimicrobianos em animais, até maio de 2017, é uma das questões relevantes que vem sendo tratada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Na semana passada, técnicos da secretaria de Defesa Agropecuária (SDA) debateram o tema com representantes do Sindicato Nacional da Indústria de Alimentação Animal (Sindirações); Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Saúde Animal (SINDAN); Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) Confederação de Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV).
 
Na reunião, o secretário de Defesa Agropecuária, Luis Rangel, destacou a importância do tema para o ministério e lembrou que em maio foi instituída a Comissão sobre Prevenção da Resistência aos Antimicrobianos em Animais (CPRA). 
 
Durante a discussão as entidades pediram que o Mapa avance na elaboração do Plano de Ação Nacional, de forma integrada e multi setorial, alinhado com as recomendações dos organismos internacionais. As entidades afirmaram que estão disponíveis para contribuir com o MAPA no levantamento da análise situacional, para identificação das lacunas e dificuldades e definição de prioridades para adequada elaboração do Plano de Ação Nacional
 
A resistência aos antimicrobianos é considerada uma séria ameaça ao tratamento de diversas doenças e, por consequência à saúde pública. Tem custo estimado em 1,5 bilhão de euros/ano, provocando cerca de 25 mil mortes anuais nos países europeus.  Ela ocorre em todas as partes do mundo e impacta na saúde humana e animal, envolvendo muitos setores e afetando também a economia global. 
 
Em maio de 2015 a Organização Mundial de Saúde (OMS) aprovou o Plano de Ação Global sobre Resistência aos Antimicrobianos, dentro do conceito de “Saúde Única”, com participação da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) e Organização Mundial de Saúde Animal (OIE). 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink