Mapa divulga programação da pasta durante a Rio+20
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,090 (1,09%)
| Dólar (compra) R$ 5,61 (0,12%)


Agronegócio

Mapa divulga programação da pasta durante a Rio+20

Modelos agrícolas sustentáveis brasileiros serão apresentados
Por:
1278 acessos
Modelos agrícolas sustentáveis brasileiros serão apresentados pelo ministério durante a conferência

Com foco nos exemplos de agricultura sustentável praticados no Brasil, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) divulgou na quarta-feira, 8 de junho, a programação quanto às ações da pasta durante a Conferência das Nações Unidades sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento (Rio+20). O evento ocorrerá entre os dias 13 e 22 de junho, no Rio de Janeiro.


Segundo o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Mendes Ribeiro Filho, o foco do Mapa é apresentar modelos implantados no Brasil que podem ser exemplos para outros países. “Levaremos resultados práticos do que estamos fazendo para garantir o aumento da produção de alimentos e a preservação dos recursos naturais. Técnicos do ministério e das entidades vinculadas vão apresentar o trabalho realizado em fazendas do país inteiro, como forma não apenas de divulgar os resultados, mas apresentar propostas concretas de desenvolvimento sustentável para o mundo”, explicou o ministro.

Entre as palestras, estão previstas a apresentação de dois painéis sobre as práticas financiadas pelo Programa Agricultura de Baixa Emissão de Carbono (ABC), coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário e Cooperativismo (SDC) do Mapa. A primeira será no dia 15 de junho, às 17h30, no Riocentro. A outra acontece no dia 20 de junho, às 9h, na Embrapa Solos e com recurso de tradução simultânea para os presentes.


No dia 18, às 14h, na Embrapa Solos, a SDC debate sobre a Política Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica, proposta do governo federal para aumentar a produção do setor. As práticas de fixação biológica de nitrogênio (que reduz custos e a emissão de gases do efeito estufa, além de melhorar a fertilidade do solo) e a adubação verde (que adiciona leguminosas na superfície do solo para enriquecê-lo nutricionalmente) também estão entre os temas a serem discutidos.

Os benefícios da utilização do sistema sustentável cacau-cabruca, técnica utilizada há mais de dois séculos no sul da Bahia, será o tema exclusivo apresentado pelo Mapa no dia 19 de junho. Com início às 9h, na Embrapa Solos, técnicos e agricultores vão apresentar os resultados das plantações cacaueiras que utilizam a prática da cabruca – que vem do termo “brocar” (ralear), sistema agroflorestal que associa a agricultura com a manutenção de parte da Mata Atlântica.


A Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA) do ministério promove, no dia 20 de junho, às 14h, na Embrapa Solos, o debate “Agropecuário e Sustentabilidade: exemplos de sucesso”. Serão apresentadas as experiências com o programa de saúde animal na pecuária do leite, além da discussão de temas como pecuária verde e produção orgânica.

O Mapa ainda terá três painéis sobre outros temas durante a Rio+20. O primeiro deles, “Cooperativismo e sustentabilidade”, será discutido no dia 21 de junho, às 17h, na Arena do Pavilhão Brasil. No dia 22 de junho, outros dois painéis completam a programação: “Política Agrícola Brasileira”, às 9h, e “Agroenergia”, às 14h, ambos na Embrapa Solos.


Clique aqui para acessar a programação completa.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink