Mapa libera recursos para colheita e estocagem de café

Agronegócio

Mapa libera recursos para colheita e estocagem de café

A parcela foi aprovada após a publicação dos contratos do Banco Cooperativo do Brasil
Por:
1 acessos

O Ministério da Agricultura liberou nessa terça-feira (12-04) a primeira parcela, de R$ 195 milhões, dos R$ 500 milhões anunciados em março pelo ministro Roberto Rodrigues, para colheita e estocagem de café. A parcela foi aprovada após a publicação dos contratos do Banco Cooperativo do Brasil (Bancoob) e do Banco Bradesco. O diretor do Departamento do Café do ministério, Vilmondes Olegário, informou que outras instituições financeiras, entre elas o Banco do Brasil, Banespa, Itaú e Santander, também estão em fase de encaminhamento de contratos.

O Ministério da Agricultura informou ainda que as áreas de pesquisa e desenvolvimento em genoma e informações tecnológicas do café devem ser afetadas por um corte de R$ 20 milhões do orçamento do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé), que tinha previsto um total de R$ 33 milhões. O contingenciamento ocorreu porque o limite para operacionalização do Funcafé, que é de R$ 10 milhões, já tinha R$ 9,7 milhões comprometidos somente com a gestão administrativa do programa.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink