Mapa muda zoneamento agrícola do trigo
CI
Agronegócio

Mapa muda zoneamento agrícola do trigo

O plantio é de 10 de abril a 31 de maio para variedades de ciclo precoce e intermediário
Por:

O plantio de trigo poderá ser antecipado nesta safra. O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) alterou o zoneamento agrícola do trigo para a Zona B do Paraná, que abrange parte das regiões Oeste, Noroeste, Centro e Norte. Agora, o plantio recomendado será de 10 de abril a 31 de maio para variedades de ciclo precoce e intermediário. O zoneamento anterior preconizava o plantio em março e maio, deixando um intervalo em abril. O zoneamento é definido com base em itens como: altitude e latitude das regiões, tipo de solo e potencial produtivo.

O zoneamento agrícola estabelecido pelo Mapa deve ser seguido pelos agricultores para fins de financiamentos da safra em instituições bancárias e para realização do seguro rural (Proagro). Se essa delimitação não for seguida, os agentes financeiros consideram que o cultivo não está sendo feito com a tecnologia adequada. A alteração do zonaeamento da Zona B ocorreu depois de solicitações feitas pelos triticultores estabelecidos na Região Oeste. Além disso, houve a participação de entidades como Organização das Cooperativas do Paraná (Ocepar), Instituto Agronômico do Paraná (Iapar), cooperativas Central de Pesquisa Agrícola (Coodetec) e Agropar e deputados federais da região.

Em 2001 o zoneamento foi mudado para que o trigo escapasse das geadas de julho quando as plantas estão em fase de florescimento, só que os problemas continuaram porque as geadas continuam entre o final de julho e o início de agosto, observa Mauro Guerra, gerente técnico da Cooperativa Agropar. Além disso, o zoneamento anterior ainda prejudicava a colheita devido à ocorrência de chuvas entre o final de setembro e o início de outubro. Em 2005, por exemplo, os grãos perderam a qualidade por causa das chuvas na época da colheita, exemplifica.

Guerra acrescenta que estudos indicaram que o melhor período para semear o trigo é em abril porque aumenta o potencial produtivo da planta. O favorecimento ocorre devido às condições climáticas daquele mês. O zoneamento antigo deixava uma janela para o agricultor que não podia aproveitar as chuvas de abril para plantar. Para os agricultores o ideal é fazer o plantio escalonado para evitar perdas, diz Otmar Hubner, engenheiro agrônomo do Departamento de Economia Rural (Deral), da Secretaria Estadual da Agricultura e do Abastecimento (Seab). O Paraná é o maior produtor de trigo do País, respondendo por 48% para produção nacional.

Para o pesquisador do Iapar Carlos Ried mudanças no zoneamento devem ser feitas constantemente devido às alterações climáticas. O zoneamento é dinâmico, precisa ser revisto e essa mudança irá beneficiar o plantio, avalia. O pesquisador de trigo Dionísio Brunetta, da Embrapa Soja, explica que o zoneamento é feito com o objetivo de minimizar os riscos do plantio e que na Zona B há muita diversidade climática.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink