MAPA promove cooperativismo na África e Oriente Médio

Agronegócio

MAPA promove cooperativismo na África e Oriente Médio

Objetivo é aprofundar conhecimento sobre os mercados egípcio, argelino e árabe
Por: -Sophia Gebrim
1347 acessos

Aprofundar o conhecimento sobre os mercados egípcio, argelino e árabe e possibilitar a realização de negócios são os objetivos da missão comercial que o Ministério da Agricultura, Pecuária a Abastecimento (Mapa) promove ao Egito, Argélia e Emirado de Ras Al Khaimah, de 24 de novembro a 4 de dezembro. Além de técnicos do ministério, participam da delegação representantes de empresas e cooperativas dos setores de carnes bovina, suína e de aves e de arroz e soja.

A missão dá continuidade ao Programa de Inserção de Cooperativas Brasileiras em Mercados Estratégicos, desenvolvido pelo Ministério da Agricultura, desde 2009, para entidades que atuam no setor do agronegócio. O objetivo é preparar as cooperativas para ações comerciais no exterior.

“O Emirado de Ras Al Khaimah tem investido para se tornar um entreposto comercial para o Oriente Médio e já convidou os empresários brasileiros interessados em fazer negócios naquela região”, explica a representante do Departamento de Cooperativismo na missão, Flávia Furtado. Ela informa que a missão participa de reunião com a Rakia (Ras Al Khaimah Investment Authorithy), entidade que apresentará oportunidades de negócios no mercado local. Estão previstas visitas técnicas ao porto, à zona franca e ao setor de desenvolvimento industrial.

As reuniões no Egito e na Argélia serão sobre o contexto político, econômico e cultural desses países e as oportunidades para o cooperativismo. Nas visitas a redes varejistas, o grupo vai conhecer os setores de compras, os preços praticados e os concorrentes em cada mercado.

Egito

No último triênio, as exportações brasileiras de produtos agrícolas para o Egito cresceram menos do que as dos não-agrícolas, reduzindo a participação do setor na pauta comercial. A fatia ocupada por produtos agropecuários, que era de 58,9% em 2006, passou para 50,8% em 2009. No ano passado, as exportações de produtos agrícolas para o Egito somaram US$ 734 milhões, com destaque para o açúcar em bruto (US$ 224,9 milhões), carne bovina in natura (US$ 200,1 milhões), carne de frango in natura (US$ 74,0 milhões) e soja em grãos (US$ 72,4 milhões).

Argélia

As exportações agrícolas para a Argélia apresentaram taxa de crescimento de 31,4% ao ano, na última década. O aumento no período de 1998 a 2009 foi de US$ 30,2 milhões para US$ 639,2 milhões, representando 1,2% das exportações agrícolas brasileiras. Os principais produtos vendidos para a Argélia foram açúcar em bruto (US$ 304 milhões), carne bovina in natura (US$ 141,7 milhões), óleo de soja em bruto (US$ 79,9 milhões), milho (US$ 43,6 milhões), açúcar refinado (US$ 33,8 milhões), e leite em pó (US$ 7 milhões).

Emirados Árabes

Os embarques de produtos agrícolas para os Emirados Árabes Unidos cresceram 27% ao ano na última década. No período de 1999 a 2009, aumentaram de US$ 103 milhões para US$ 1,114 bilhão, representando 2% das exportações agrícolas brasileiras. Os principais produtos agrícolas exportados foram açúcar em bruto (US$ 360 milhões), carne de frango in natura (US$ 315,4 milhões), açúcar refinado (US$ 230 milhões), carne bovina in natura (US$ 41 milhões) e ovos (US$ 27 milhões).

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink