Margem da indústria diminui em janeiro


Agronegócio

Margem da indústria diminui em janeiro

A queda sazonal nas vendas de carne bovina iniciou o ano estreitando as margens da indústria
Por:
575 acessos
A queda sazonal nas vendas de carne bovina iniciou o ano estreitando as margens da indústria.

Segundo levantamento realizado pela Scot Consultoria, o Equivalente Scot Carcaça, que determina o valor recebido pela venda da carne sem osso mais os subprodutos, no final de dezembro, estava 30% acima do preço pago pela arroba do boi gordo.

Atualmente o ágio é de 26,7%.

Já considerando o Equivalente Físico, o valor recebido pela carcaça bovina, ponderando traseiro, dianteiro e ponta de agulha, que chegou a alcançar a diferença de -0,67% em dezembro, está em -3,71%. Quanto mais próximo de zero, melhor a situação da indústria, em relação à margem de comercialização.


É importante lembrar que o comportamento normal é o Equivalente Físico estar abaixo do valor pago pela arroba do boi gordo, o que demonstra que a indústria precisa vender os outros subprodutos do bovino para conseguir margens positivas.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink