Economia

Mato Grosso compra quase 7 mil toneladas de fertilizante no ano passado com alta de 3%

O volume entregue ao mercado representou 19,7% de todo o saldo nacional em 2017
Por:
139 acessos

Os produtores mato-grossenses receberam um montante de 6,7 mil toneladas de fertilizantes no ano passado, o que na comparação com os 6,5 mil recebidos em 2016 aponta para uma alta de aproximadamente 3%. Os dados são compilados e divulgados pela Associação Nacional para Difusão de Adubos (Anda).

Mato Grosso, como praxe, representou o maior resultado no país. O volume entregue ao mercado representou 19,7% de todo o saldo nacional em 2017, sendo que no penúltimo ano esse valor era de 19,3%.

No ano passado, depois de Mato Grosso aparecem entre os principais recebedores São Paulo, com 4,2 mil toneladas (12,4%); Rio Grande do Sul, com 4,2 mil toneladas (12,3%); Paraná, com 4,1 mil toneladas (11,9%) e Minas Gerais, com 4 mil toneladas (11,6%).

De acordo com a Anda, as entregas de fertilizantes ao mercado fecharam no acumulado com uma elevação anual de apenas 1%. Em 2017, foram entregues 34,4 mil toneladas, contra 34 mil toneladas de 2016.

Os fertilizantes fosfatados (P2O5) fecharam o ano com aumento de 3,0% atingindo 5,1 mil toneladas, com ênfase nas entregas para a cultura de soja, que registrou uma produção recorde no ano passado.

No caso dos fertilizantes potássicos (K2O), foram registrados nas entregas do ano uma alta de 2,2%, alcançando 5,8 mil toneladas, resultado do aumento da demanda para soja, cana-de-açúcar e café.

Ainda em nutrientes, as entregas de fertilizantes nitrogenados (N) apresentaram ligeira subida de 0,3% no acumulado de 2017, atingindo 4.377 mil toneladas, contra 4.366 mil toneladas de 2016. O total de nutrientes (NPK) entregues também apresentou elevação da ordem de 1,9% atingindo 15,3 mil toneladas.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink