Mato Grosso do Sul já tem 15 focos de ferrugem asiática

Agronegócio

Mato Grosso do Sul já tem 15 focos de ferrugem asiática

As chuvas que têm caído no Estado estão permitindo a rápida propagação do fungo
Por: -Cícero Faria
2 acessos

As chuvas que têm caído em todo o Mato Grosso do Sul, principalmente na região norte, está permitindo a rápida propagação do fungo da ferrugem asiática da soja. Na quarta-feira (13-12) a Fundação Chapadão registrou mais um foco em Chapadão do Sul, totalizando, no geral, 15 casos até agora, de acordo com o levantamento do Consórcio Anti-Ferrugem, sediado em Londrina (PR).

Com isso, Mato Grosso do Sul já responde por quase 25% dos casos da doença no país, onde estão registradas 62 ocorrências em sete Estados. Somente em Chapadão do Sul são oito focos da ferrugem asiática; os demais estão distribuídos por Aral Moreira, Antonio João, Coronel Sapucaia, Sidrolândia, Naviraí, Laguna Carapã e Ponta Porã.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink