Agronegócio

Mato Grosso do Sul já tem 15 focos de ferrugem asiática

As chuvas que têm caído no Estado estão permitindo a rápida propagação do fungo
Por: -Cícero Faria
2 acessos

As chuvas que têm caído em todo o Mato Grosso do Sul, principalmente na região norte, está permitindo a rápida propagação do fungo da ferrugem asiática da soja. Na quarta-feira (13-12) a Fundação Chapadão registrou mais um foco em Chapadão do Sul, totalizando, no geral, 15 casos até agora, de acordo com o levantamento do Consórcio Anti-Ferrugem, sediado em Londrina (PR).

Com isso, Mato Grosso do Sul já responde por quase 25% dos casos da doença no país, onde estão registradas 62 ocorrências em sete Estados. Somente em Chapadão do Sul são oito focos da ferrugem asiática; os demais estão distribuídos por Aral Moreira, Antonio João, Coronel Sapucaia, Sidrolândia, Naviraí, Laguna Carapã e Ponta Porã.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink