Mato Grosso é responsável por 23,7% da produção brasileira de grãos
CI
Agronegócio

Mato Grosso é responsável por 23,7% da produção brasileira de grãos

A safra 2013/2014 já é o terceiro ciclo em que o Estado lidera o ranking
Por:
O Mato Grosso segue na liderança na produção de grãos no Brasil, mesmo apresentando recuo de 1,7% no volume a ser colhido. A safra 2013/2014 já é o terceiro ciclo em que o Estado lidera o ranking. A produção mato-grossense equivale a 23,7% da nacional, aponta novo levantamento de safra do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgado na quinta-feira (08.05).

Mato Grosso plantou nesta safra 13,051 milhões de hectares, conforme o IBGE. Uma área 5,3% superior a do ciclo anterior. Em termos de participação nos 55,7 milhões de hectares semeados no Brasil o Estado tem uma participação de 23,4% da área nacional. A produção de grãos mato-grossense deverá ficaram em 45,273 milhões de toneladas, 1,7% menor que as 46,039 milhões de toneladas verificadas o ano passado pelo instituto.

A nova pesquisa do IBGE refere-se ao mês de abril de 2014 e revela que Mato Grosso, além da soja, mantém-se como o principal produtor de algodão herbáceo (em caroço). O Estado é responsável por 55,6% da produção nacional de algodão herbáceo. Na safra 2013/2014 a área semeada com algodão registrou um aumento de 27,7% e a perspectiva de produção, revela o IBGE, deve crescer 25,1% ante a safra passada, totalizando 2,3 milhões de toneladas.

O IBGE aponta para o milho uma queda de 19,6% na produção de 2ª safra. O IBGE estima uma produção de 15,835 milhões de toneladas de milho 2ª safra para Mato Grosso, uma participação de 36,4% na produção de 43,492 milhões de toneladas da 2ª safra do cereal no Brasil.

A safra de soja mais uma vez registrou recordes, o que ajudou o Estado a manter-se invicto na produção da oleaginosa com uma participação de 30,3% da produção nacional, mesmo enfrentando excesso de chuvas, em especial na região médio-norte, como aponta relatório do IBGE. As chuvas mostra o levantamento de abril do instituto nacional, ocasionaram a perda de mais de 15 mil hectares. Além disso, foram registradas ocorrência de ferrugem asiática ao final do ciclo. A produção nacional de soja ficou em 86,887 milhões de toneladas e Mato Grosso colheu 26,313 milhões de toneladas de soja.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink