Mato Grosso importou 10% mais insumos no ano
CI
Imagem: Marcel Oliveira
AGRICULTURA

Mato Grosso importou 10% mais insumos no ano

O maior volume chegou pelos portos de Santos/SP e Paranaguá/PR
Por: -Eliza Maliszewski

O Mato Grosso, maior produtor de grãos e fibra do país, importou 10,2% mais adubos e fertilizantes neste ano, no período de janeiro a novembro. Já são 5,4 milhões de toneladas ou 531 mil toneladas a mais que no mesmo período do ano passado. Os dados constam no Boletim Logístico, publicado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

O maior volume chegou pelos portos de Santos/SP e Paranaguá/PR, que registraram o recebimento de aproximadamente 2 milhões de toneladas e 1,5 milhões de toneladas de insumos respectivamente. Juntos, os dois portos são responsáveis por 65% do total parcial de produtos adquiridos neste ano, ampliando em 5 pontos percentuais a representatividade no recebimento dos adubos e fertilizantes comprados.

Os portos da região norte do país vem ganhando destaque na importação de insumos para os produtores mato-grossenses, mesmo com a maior participação de Santos e Paranaguá até o momento. Ao somar a quantidade de insumos recebida pelos portos de Santarém e Barcarena no Pará, Itaqui no Maranhão e Itacoatiara, no Amazonas, o volume é inferior apenas ao desembarcado em Santos.

Santarém é o terceiro maior ponto de desembarque de adubos e fertilizantes que tem como destino final o estado de Mato Grosso, com a recepção de mais 600 mil toneladas, aumento em torno de 26,6% em relação ao movimento registrado no mesmo período de 2019. Esse crescimento fez com que a representatividade do porto para o recebimento de insumos passasse de 10,7% para 12,3%.

Ainda na região amazônica, destaque também para o porto de Itacoatiara que, apesar do pequeno volume de material desembarcado, registrou um crescimento de mais de 34% no recebimento de insumos de janeiro a novembro deste ano quando comparado com o mesmo período de 2019, com mais de 373 mil toneladas em 2020.
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink