Mato Grosso responde por quase 70% das exportações de milho

MERCADO

Mato Grosso responde por quase 70% das exportações de milho

Maior parte da produção se deve ao milho safrinha
Por: -Leonardo Gottems
676 acessos

Segundo o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), o Mato Grosso já exportou 17,38 milhões de toneladas de milho a partir da safra 2017/2018, o que representa 69% das exportações brasileiras de milho até agora. Antes do fechamento da safra de milho 2017/2018, o Imea espera que as exportações totais de milho do Mato Grosso atinjam 17,62 milhões de toneladas. 

De acordo com o especialista em soja e milho Michael Cordonnier , o estado é famoso por sua produção de soja, mas também é o maior estado produtor de milho no Brasil e a produção de milho do estado continua a representar uma fatia cada vez maior das exportações brasileiras do cereal. “Isso representa a maior participação nas exportações brasileiras de milho desde a safra 2008/2009. Uma das principais razões para o aumento em 2017/2018 é que outras regiões do Brasil reduziram sua área cultivada de milho safrinha e sofreram menores rendimentos devido à colheita atrasada da primeira safra de soja”, indica. 

Praticamente todo o milho produzido no Mato Grosso é a produção de safrinha plantada após a colheita da primeira safra de soja. A tendência ao longo da última década é que os agricultores do estado plantem soja mais cedo, a fim de permitir mais tempo para plantar uma segunda safra de milho ou, em alguns casos, uma segunda safra de algodão. A colheita da safra de milho safrinha 2018/2019 no Mato Grosso deve começar no final de maio e terminar em julho. 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink