Mato Grosso tem o maior número de incêndios em agosto
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,090 (1,09%)
| Dólar (compra) R$ 5,61 (0,12%)


Agronegócio

Mato Grosso tem o maior número de incêndios em agosto

Foram registrados mais de 6 mil focos
Por:
675 acessos

Mato Grosso é o estado que teve o maior número de focos de incêndios em agosto, com 6.411 registros. O número é 420% maior do que o do mesmo período do ano passado. Cuiabá registrou nesta quarta-feira (25) umidade relativa do ar de 13%, o que a Organização Mundial da Saúde (OMS) considera como estado de alerta. A OMS considera estado de emergência quando a umidade baixa de 12%.

O segundo estado com mais focos de incêndios foi o Pará, que teve 5.074 focos. Em seguida vem o Tocantins, com 3.596 focos. O fogo já destruiu 216 mil hectares do Parque Nacional do Araguaia. Palmas registrou nesta quarta-feira umidade relativa do ar de 21%.

No total, o país registrou 21 mil focos de incêndio desde o início do mês, o que representa 227% a mais do que o registrado no mesmo período do ano passado.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) publicou avisos especiais de alerta sobre a baixa umidade do ar para os seguintes estados: Goiás, Distrito Federal, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Bahia, Piauí, Maranhão, Tocantins, Pará, Rondônia, Minas Gerais e São Paulo.

De acordo com o Inmet, a umidade baixa deve seguir nesta quinta-feira (26), podendo chegar a 15% no estado de São Paulo e em áreas isoladas de Mato Grosso do Sul e de Mato Grosso. “A umidade está baixa por causa de uma grande massa de ar seco”, disse a meteorologista do Inmet, Maria das Dores de Azevedo.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink