Mato Leitão/RS faz implantação de pomares

Agronegócio

Mato Leitão/RS faz implantação de pomares

O plantio das mudas deverá ocorrer no início de julho
Por:
221 acessos
As propriedades inscritas no Programa de Fruticultura de Mato Leitão começaram a receber na semana passada a visita do engenheiro agrônomo Clóvis Schwertner e do secretário da Agricultura e Meio Ambiente, Osmar Renê Bick. O plantio das mudas deverá ocorrer no início de julho. A proposta da administração é repassar entre 70 e 80 mudas para cada agricultor. O objetivo é produzir frutas de boa qualidade, tanto para consumo in natura como para abastecer agroindústrias e, ao mesmo tempo, aumentar o pomar doméstico e proporcionar melhor qualidade de vida para as famílias.


A fruticultura, segundo Schwertner, é alternativa de diversificação nas propriedades e uma excelente fonte de renda. As inscrições de interessados serão aceitas até o dia 31 de maio. Já estão confirmados produtores de Santo Antônio, Sampaio Baixo, Vila Sampaio, Linha Conceição, Linha Hillesheim, Boa Esperança Alta, Palanque Pequeno, Canto dos Dresch e Arroio Bonito. As propriedades selecionadas terão acompanhamento dos técnicos da Secretaria da Agricultura e Emater/RS-Ascar desde o plantio até a comercialização.

Aprovada no Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural (Comder), a implantação dos pomares está sendo viabilizada mediante recursos procedentes da Consulta Popular de 2009, do governo do Estado, no valor de R$ 20 mil e uma contrapartida da Prefeitura de R$ 5 mil. “A insistência do prefeito Carlos Bohn foi fundamental para que o programa pudesse chegar nas propriedades. O dinheiro acabou sendo liberado nos últimos dias de dezembro. Vamos adquirir 5 mil mudas de laranja e bergamota certificadas”, afirmou o engenheiro. A partir do terceiro ano da implantação do pomar, o produtor beneficiado deverá entregar à Prefeitura dois quilos de fruta por muda como forma de ressarcir o investimento público realizado nas propriedades. As frutas serão distribuídas nas escolas e área social.


SAMPAIO

Um dos agricultores que recebeu a visita técnica é Valdir Roque Maldaner, de Sampaio. Ele está reservando cerca de 2.500 metros quadrados de sua área para a implantação dos pomares. “Fiquei sabendo da oportunidade pela Emater e me inscrevi ainda no ano passado. Quero plantar também pêssego e goiaba. O pessoal (engenheiro agrônomo e o secretário) gostou da área e agora vou providenciar a limpeza e análise de solo”, conta.

Na propriedade de oito hectares, Maldaner trabalha com gado de leite (13 vacas que produzem cerca de 210 litros por dia) e suínos (lotes de 500 animais), ambos para a Cosuel. Integrante do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural (Comder), Maldaner aproveita os vários programas oferecidos pela Prefeitura, como troca-troca de sementes, calcário, distribuição de esterco, análise de solo e ainda as melhorias nos acessos rurais.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink