Matrizes e recém-nascidos fora da Expointer

Agronegócio

Matrizes e recém-nascidos fora da Expointer

Por:
162 acessos

A Expointer deste ano terá um desfalque entre as atrações preferidas das crianças. Os suinocultores acertaram, ontem, que leitões recém-nascidos não serão levados ao parque Assis Brasil, em Esteio. Matrizes que estiverem para parir também ficarão nas granjas. O motivo é para evitar que exemplares mais suscetíveis entrem em contato com pessoas que possam estar contaminadas com a gripe A. O assunto foi tratado em reunião em Porto Alegre. Outras medidas ainda serão analisadas em novo encontro, agendado para meados de agosto.

O presidente da Comissão de Suinocultura da Farsul, João Picoli, informou que os animais expostos deverão passar por quarentena de dez dias no regresso às granjas. A preocupação é que o vírus da gripe A seja transmitido das pessoas para os suínos, como registrado na Argentina. O presidente da Acsurs, Valdecir Folador, confirmou a restrição, mas garantiu que a participação dos suínos se dará normalmente. Já o diretor executivo do Sips, Rogério Kerber, apontou que é necessário preservar os animais. O superintendente do Mapa/RS, Francisco Signor, acredita que há risco em expor os porcos ao contato com humanos.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink