Médio-Norte deve ser destaque na produção de milho em Mato Grosso
CI
Agronegócio

Médio-Norte deve ser destaque na produção de milho em Mato Grosso

A produtividade subiu para 96 sc/ha
Por:
No início do plantio desta safra de milho, as expectativas de produtividade para Mato Grosso mantinham-se em patamares tímidos. No entanto, com o desenrolar do ciclo da cultura e com as chuvas novamente favorecendo o desenvolvimento do cereal, o recorde de produção de milho para o Estado tende a ser batido nesta safra, informou o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea). A produtividade, que já se encontrava em patamares altos, 88 sc/ha, subiu para 96 sc/ha.


Consequentemente, a produção se elevou. Embora o rendimento por hectare ainda seja o segundo melhor para Mato Grosso, a nova produção esperada de 16,05 milhões de toneladas é o maior volume já visto no Estado, superando a safra passada em 3,5%. A região médio-norte, que tradicionalmente apresenta as maiores produtividades, continua na liderança. A nova estimativa aponta 100 sacas em média para a região.


A região sudeste, no entanto, que em geral se apresentava como a segunda mais produtiva do Estado, perdeu o posto nesta última estimativa devido à ocorrência de chuvas bastante irregulares no último mês. As regiões oeste e centro-sul passaram então a ocupar a segunda colocação, ambas apresentando expectativa de 94 sacas por hectare. A área de milho no Estado permanece inalterada.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.