Melancia: uma fatia do Acre produtivo
CI
Agronegócio

Melancia: uma fatia do Acre produtivo

Quinze toneladas de melancia foram colhidas na zona rural de Rio Branco
Por:
Quinze toneladas de melancia foram colhidas na zona rural de Rio Branco. O produto será exportado. Esse volume é o excedente de uma plantação realizada em 12 hectares, na Fazenda Iquiry. A propriedade, que antes era uma área de capoeira e pasto, ou seja, um local degradado, agora está colhendo os seus frutos, inclusive no verão.

Esse cultivo está recebendo apoio do governo do Estado do Acre, por meio do financiamento do trator para a realização do trabalho e também recebe apoio para o transporte da produção. A Secretaria de Estado de Pequenos Negócios é outra parceira no intuito de fomentar o negócio no mercado local.

“Este ano não foi tão seco, porque teve muita chuva, e isso ajuda na produção. O Acre é uma terra muito abençoada, então hoje eu estou colhendo 40 mil frutas. E cada uma estava pesando em média 14 quilos, que é acima da média nacional, de oito quilos”, conta o produtor José Petelin. A propriedade produz quatro variedades de melancia. A mais conhecida pelos consumidores é a Top Gun, comumente encontrada, além da variedade Georgia e Px.

Deve-se salientar que o mercado consumidor leva em consideração o tamanho e formato do fruto, coloração da polpa, teor de sólidos solúveis, presença ou ausência de sementes. Então, nessa safra, o proprietário está investindo em uma nova semente híbrida e mais resistente, que é do tipo Top Seed. Visualmente ela se diferencia por ter um tom verde bem escuro na casca. “Esse é o lançamento, é uma melancia para concorrer com a Top Gun. A Top Seed é uma melancia maior e mais doce. A terra do Acre é formidável, é rica, e pouco se precisa fazer para produzir muito, então estamos apostando muito nessa nova safra”, disse.
A melancia (Citrullus lanatus) é nativa da África, mas é uma planta herbácea extremamente adaptável, e é, hoje, a segunda fruta mais produzida no planeta, depois da banana. Ela é uma planta com caule rasteiro, com ramificações que podem alcançar de três a cinco metros. O fruto possui excelentes propriedades diuréticas, e por isso é recomendada aos que têm problemas renais, nas dietas de emagrecimento, para pressão alta e reumatismo. O suco de melancia provoca eliminação de ácido úrico.

O ciclo, que vai do plantio à colheita, varia de 85 a 120 dias, por isso o produtor já está preparando novamente a terra na área onde foi feita a colheita e estima que mais duas colheitas este ano. O cultivo de melancia necessita de solos com boa drenagem de água, e como a estação é de muita chuva esse é o melhor momento para o cultivo, comenta o proprietário Lauro Fontana.

O profissionalismo do produtor acreano é demonstrado nos detalhes, porque, mesmo sendo uma produção em larga escala, é preciso ter um bom padrão de qualidade: “As melancias são embarcadas de mão em mão e colocadas uma a uma no caminhão com muita palha, para que elas não machuquem e estraguem”, explica o produtor.

O setor produtivo do estado tem se desenvolvido por empreendedores e pequenos produtores que na produção agrícola têm encontrado seu meio de sobrevivência e melhor qualidade de vida.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink