Melhor café do Brasil vem da sucessão familiar
CI
Imagem: Divulgação
PREMIAÇÃO

Melhor café do Brasil vem da sucessão familiar

O café arábica, tipo catucaí, foi o único que atingiu 90 pontos na premiação
Por: -Eliza Maliszewski

Vem de jovens, fruto da sucessão familiar, da pequena Venda Nova do Imigrante, encravada nas montanhas do Espírito Santo, o melhor do Brasil e da fase internacional pelo Cup of Excellence – Brazil 2020. O resultado foi conhecido em novembro mas o reconhecimento enche de orgulho a família Pimenta, do Sítio Escondica.

A produção veio do trabalho dos irmãos Luiz Ricardo (20 anos), Luiz Henrique (24 anos) e José Luiz Bozzi Pimenta de Sousa (27 anos). Eles uniram a experiência dos pais, com novas ideias para a propriedade que resultaram em um café único.

O café arábica, tipo catucaí, apresenta um sabor com gosto de melado de cana e frescor que lembra melão. Foi o único café que atingiu 90 pontos entre os 35 concorrentes, sendo considerado o melhor da safra 2020 no Brasil. Foram mais de 900 amostras de café na primeira inscrição. Depois, selecionaram as 100 melhores e, na sequência, as 35 melhores amostras de cafés especiais e foi feita a premiação final. E esse prêmio já está dando retorno positivo. Dois lotes, sendo um com 6 sacas de 30 kg e outro com 5 sacas de 30 kg, foram vendidos a um preço médio de 39,5 dólares por libra peso, ou seja, bem acima do mercado.

O interesse dos irmãos veio em 2017 quando a cidade sediou a competição. Desde então se dedicaram a produzir um lote especial.  “Esse prêmio é um retorno do nosso investimento no estudo, a exemplo da nossa procura por novas tecnologias que nos ajudou muito nas questões tecnológicas diretamente ligadas à cafeicultura, como na questão de processamento. Esse prêmio vem como reconhecimento dessa valorização, esse empenho nos estudos e no desempenho da nossa propriedade”, reconhece Luiz Ricardo.

Ele destaca ainda que o prêmio é o ápice na questão de qualidade de cafés especiais no Brasil. “Para nós é como se fosse a Copa do Mundo de Cafés Especiais. Essa conquista agrega muito na nossa propriedade, no nosso município e no nosso estado”. O jovem também destaca a importância do incentivo dos pais. “Eles estão fazendo a prática da sucessão rural, algo interessante pra nós, pois viabiliza e nos instiga a buscar sempre o melhor. A juventude rural é assim, com a oportunidade nas mãos busca fazer com o máximo de excelência possível para ter um futuro promissor”, diz.
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink