Agronegócio

Menor oferta e consumo forte elevam preço do café

Os produtores brasileiros de café vivem uma das melhores fases dos últimos anos
Por: -Mônica Scaramuzzo
1 acessos
Os produtores brasileiros de café vivem uma das melhores fases dos últimos anos, beneficiados pelo cenário de preços internacionais em ascensão por conta do déficit global do grão e de consumo mundial aquecido. Na última sexta-feira, os preços do café em dólar no mercado interno atingiram US$ 139,79 (saca de 60 quilos), a maior cotação desde de maio de 2005, quando a saca atingiu US$ 138, segundo levantamento do Escritório Carvalhaes, de Santos (SP). Entre 2002 e fim de 2004, a saca de café estava abaixo de US$ 100.


A boa notícia para os cafeicultores, apesar da forte valorização do real ante o dólar nos últimos meses, é que as perspectivas indicam preços firmes para o café no curto e médio prazo.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink