Mercado cafeeiro: a indústria que se sofistica
CI
Agronegócio

Mercado cafeeiro: a indústria que se sofistica

Setor a caminho de inovações e transformações
Por:
Mais dinâmico e sem perder o glamour, o mercado de café no Brasil se reestruturou e trouxe novos desafios, inclusive, para os profissionais da área. Atualmente,  as mulheres  já possuem forte presença no setor cafeeiro, tornando-se empresárias, baristas, agricultoras, torrefadoras, o que fortalece o universo feminino em uma área majoritariamente masculina.

Para Monica Leonardi, diretora da La Spaziale, uma das maiores fabricantes de máquinas de café do mundo, o mercado cafeeiro está em alta, porém em constante transformação e inovação. Isso se deve as inúmeras marcas da bebida que chegam ao país com o seu DNA próprio. Mesmo assim, isso não intimida o Brasil, pelo contrário, faz com que as empresas nacionais aceitem o desafio de inovar e trazer o melhor sabor na xícara.

“O Brasil é o maior produtor mundial e o segundo maior consumidor de café. Não há dúvida que temos marcas nacionais de alta qualidade e estamos preocupados em expandir esse mercado ainda mais.  Nosso objetivo é aprimorar a parte da cadeia produtiva que se reflete na xícara do expresso perfeito, visando usar o que é nosso”, explica Monica.

A expansão do consumo fora do lar e o ganho de novos adeptos ao café gourmet estão entre os principais responsáveis pelo cenário atual. Segundo Leonardi, os avanços permitiram uma melhor extração do expresso, garantindo ainda mais  a qualidade do café gourmet.

O mais novo recém-chegado no mercado cafeeiro, as cápsulas, entram no segmento para atender hotéis, bares e restaurantes, onde existem a necessidade de agilidade, praticidade e padronização, sem perder as características de uma extração perfeita e mantendo todos os atributos necessários. 

No tocante, as cafeterias, em que o foco ainda é o café em grão,  sente-se a necessidade ainda de profissionais na área.

"O café precisa ser entendido como o vinho,  que passa por uma série de etapas para oferecer o que tem de melhor. Por isso, precisa de um profissional que conheça o aroma, o grão e que seja capaz de  extrair tudo o que oferece de melhor”, comenta Leonardi.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.