Mercado chinês da soja ainda será dominado por importações

MUNDO

Mercado chinês da soja ainda será dominado por importações

“A China expandirá sua abertura econômica para o mundo exterior"
Por: -Leonardo Gottems
373 acessos

O ministro da Agricultura e Assuntos Rurais da China, Han Changfu, afirmou que o mercado de soja não dependerá, embora a China esteja trabalhando na restauração e desenvolvimento, de sua própria produção de soja. De acordo com ele, em entrevista publicada no portal AgroPages.com, existe um plano de revitalização da cultura da oleaginosa dentro do país asiático. 

“O plano de revitalização da soja é uma medida importante para ajustar a estrutura do lado da oferta agrícola, particularmente a estrutura de plantio da cultura. Nosso foco será nos seguintes aspectos: 1) A área de plantio de soja da China precisa ser restaurada e estabilizada. 2) Faremos esforços conjuntos para acelerar a pesquisa e o desenvolvimento de criação de variedades de alta qualidade e alto rendimento para melhorar a adaptabilidade, o rendimento e as propriedades de qualidade da soja. 3) Um número de novas empresas de soja e organizações cooperativas será estabelecido em combinação com o desenvolvimento da indústria”, explicou Chanfu. 

Nesse contexto, ainda existe um critério bastante complicado a ser avaliado, que é o fim da disputa comercial da China com os Estados Unidos. Ultimamente o governo norte-americano tem dado indícios de que as reuniões protagonizadas pelos dois países estão sendo bastante satisfatórias para os EUA, sinalizando que o fim da disputa, ou pelo menos uma trégua mais sólida, não deve demorar para acontecer. 

“A China expandirá sua abertura econômica para o mundo exterior, incluindo o setor agrícola, para que possamos fazer bom uso dos mercados e recursos domésticos e internacionais. A porta da China para a soja está aberta. A fonte de importação depende do mercado, o mercado decidirá e as empresas decidirão. Nós seguimos as regras econômicas. O mercado chinês também está aberto aos EUA”, conclui. 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink