Agronegócio

Mercado de arroz em MT continua sem movimentação

O mercado de arroz apresenta uma situação de oferta restrita para o produto de qualidade e preços que inviabilizam a compra por parte das indústrias
Por: -Redação
2 acessos

A escassez de arroz de qualidade no mercado continua provocando uma paralisação na comercialização em Mato Grosso. Em Cuiabá a oferta do produtor para arroz Primavera com 56 de inteiros, pagamento a vista, chegou a R$ 33,00 na última semana. As negociações a esse nível, no entanto, não vem ocorrendo. As informações são do boletim do Imea (Instituto Mato-grossense de Economia Agrícola), divulgado nesta quinta-feira (16-11).

De acordo com os colaboradores do IMEA o que se vê hoje no mercado de arroz é uma situação de oferta restrita para o produto de qualidade e preços que inviabilizam a compra por parte das indústrias. A comercialização fica condicionada basicamente aos leilões do governo federal. No último leilão de venda realizado no último dia 8, foram negociadas 87% do volume de 15 mil toneladas ofertadas. Ainda esta semana devem ocorrer mais 2 leilões de venda de arroz. As informações são da assessoria de imprensa da Famato.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink