Mercado de Commodities
CI
Agronegócio

Mercado de Commodities

Os futuros da soja para o primeiro vencimento fecharam a US$ 35,52/saca
Por:
Por Gilda M. Bozza - Economista DTE/FAEP
 
Nesta terça-feira (26), na Bolsa de Chicago, a somatória de fatores sazonais (pressão da colheita nos Estados Unidos) e início do plantio na América do Sul, pressionam os preços das commodities, mais especificamente da soja e do milho. O momento é de volatilidade e não há uma tendência definida.

Com isso, os futuros da soja para o primeiro vencimento fecharam a US$ 35,52/saca (R$ 72,15/saca). Já os contratos para março/13 e maio/13 foram negociados a US$ 34,75 e US$ 33,64/saca, respectivamente.
Os futuros do milho fecharam dezembro a US$ 17,56/saca (R$ 35,68/saca). Os contratos para março/13 foram negociados a US$ 17,65/saca (R$ 35,86/saca).

Quanto ao mercado do trigo, a variação foi negativa, com dezembro/12 cotado a US$ 19,55/saca (R$ 39,72). Para março/13 o apontamento foi de US$ 19,79/saca (R$ 40,21/saca).

No mercado doméstico, a soja apontou leve reação, registrando média estadual de R$ 72,61 por saca. Em setembro, o recuo nos preços é de 7%, passando de R$ 77,91 por saca para os atuais R$ 72,61 por saca (menos R$ 5,30 por saca).

Para o milho a média diária foi de R$ 24,13/saca, uma variação positiva de R$ 0,12/saca. Quanto ao trigo, a média diária apontada pela SEAB foi de R$ 34,01/saca.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink