Mercado de potássio mais positivo para 2021
CI
Imagem: Divulgação
FERTILIZANTES

Mercado de potássio mais positivo para 2021

Demanda nos Estados Unidos, Índia e, em particular, no Brasil está bem alta
Por: -Leonardo Gottems

Os participantes do mercado esperam que a procura de fertilizantes à base de potássio (MOP) em 2021 ultrapasse os níveis deste ano, de acordo com o portal especializado Argus. Além disso, a redução dos problemas relacionados com a Covid-19 devem aumentar as entregas e os preços. 

Por outro lado, existem vários projetos de plantas de produção de potássio que serão concluídos no próximo ano. De acordo com a análise da Argus, esse fator pode adicionar oferta a um mercado já saturado, potencialmente limitando os ganhos de preço.

“A Covid-19 teve apenas um impacto direto limitado na demanda de fertilizantes neste ano, mas os efeitos foram mais severos em indústrias que são grandes usuários de MOP. A maioria das operações ligadas à indústria de potássio, no entanto, tem conseguido continuar ininterruptamente, e a demanda nos EUA, Índia e, em particular, no Brasil está bem alta. Para 2021, o mercado espera um nível contínuo de abrandamento dos inúmeros efeitos da Covid-19, à medida que os governos continuam a priorizar a segurança alimentar, auxiliando no bom funcionamento das entregas de fertilizantes”, explica o Argus.

De acordo com eles, o mercado terá início no próximo ano focado em grandes contratos entre fornecedores e compradores na Índia e China: “Os contratos expiram principalmente no final de 2020, e as negociações devem começar em janeiro. Se os contratos forem concluídos no início do próximo ano, o novo preço fornecerá alguma clareza para outras regiões, o que poderia estimular mais demanda no início do ano, especialmente se os compradores esperarem que os preços aumentem durante o curso de 2021”.

A Argus prevê a demanda MOP em 69,2 milhões de toneladas no ano que vem – acima das projeções de 66,9 milhões de toneladas para este ano e das 64,4 milhões de toneladas movimentadas em 2019. “Os produtores estão confiantes de que os níveis de demanda do próximo ano apoiarão a capacidade extra em operação no próximo ano, bem como o aumento contínuo da produção”, concluem os analistas.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink