Mercado de reposição retomando ritmo

Reposição

Mercado de reposição retomando ritmo

Para o curto prazo, a tendência é de que as cotações se mantenham firmes e a demanda continue aquecida
Por:
241 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente

Ao passo que o período de vacinação contra a Febre Aftosa vai chegando ao fim, o volume de negócios retoma a normalidade no mercado de reposição.  O que se nota é que na maioria dos estados a oferta não é suficiente para atender a demanda vigente e com isso, quem tem animal para vender pede preços acima das referências.

Além da maior demanda frente à oferta, as pastagens, com vigor cada vez maior, permitem a retenção dos animais. Logo, o cenário é de firmeza nas cotações. 

Na média de todas as categorias de machos e fêmeas anelorados e estados pesquisados pela Scot Consultoria, as cotações fecharam mais uma semana em alta, de 0,2%. Aliás, essa já é a 21a. semana consecutiva sem ajustes negativos para esse mercado.

Para o curto prazo, a tendência é de que as cotações se mantenham firmes e a demanda continue aquecida. Com a arroba do boi gordo e as pastagens se recuperando gradativamente, o ânimo dos compradores deve aumentar. Por outro lado, com maior capacidade de suporte, os vendedores tendem a endurecer nas negociações.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink