Mercado de trigo na Argentina tem recuo de preços

Agronegócio

Mercado de trigo na Argentina tem recuo de preços

Os principais mercados da Argentina operaram com valores em queda para todos os produtos na sexta-feira
Por: -Giuliano
227 acessos

Os principais mercados da Argentina operaram com valores em queda para todos os produtos na sexta-feira, mas especialmente para o trigo e a soja. Embora alguns analistas reduzam o impacto da volatilidade externa somente para a oleaginosa, eles atribuem a queda do cereal ao rumor introduzido pela retenção das exportações estabelecida pelo próprio governo.

Os corretores consultados sustentam que estas quedas ocorrem por fundos especulativos, que tinham invertido nos mercados de futuros agropecuários, se desprenderam rapidamente dessas posições, principalmente na soja, para cobrir as perdas ou garantias dadas nos ativos financeiros.

A queda dos preços futuros se transferiu para toda a produção disponível, que teve uma queda de 7 e 10 dólares por tonelada nos principais portos argentinos. Agora, produtores e corretores se perguntam se a alta sustentada de preços das commodities do último ano chegou ao seu final e se haverá preparação para um estabelecimento geral dos preços, ou se o mercado de grãos se recuperará desta queda e conseguirá manter-se à margem da alta volatilidade nos principais mercados financeiros do mundo, como vinha acontecendo até agora. As informações são do E-campo.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink