Mercado do boi gordo segue pressionado

Agronegócio

Mercado do boi gordo segue pressionado

Apesar de a oferta não estar farta, os frigoríficos impuseram pressão de baixa no mercado
Por:
172 acessos
Scot Consultoria - Mercado do boi gordo pressionado. Apesar de a oferta não estar farta, os frigoríficos impuseram pressão de baixa no mercado.

Houve recuo no preço referência em São Paulo. Os negócios seguem em ritmo lento, ao redor de R$102,00/@, à vista, livre de imposto. Para os negócios a prazo a referência é R$103,00/@, livre de funrural.

No Mato Grosso do Sul, as chuvas deram trégua e as condições de transporte dos animais melhoraram. O cenário é parecido com o de São Paulo, sem excesso de oferta, mas com pressão de baixa.

O preço a prazo recuou em campo Grande e Três Lagoas. Nestas regiões os negócios ocorrem por R$99,00/@, livre de imposto.

No mercado atacadista com osso os preços estão estáveis. O escoamento de traseiros está difícil.

De maneira geral, os varejistas não saíram às compras para repor os estoques para o começo do mês, quando as vendas normalmente melhoram.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink