Mercado do boi gordo segue pressionado
CI
Agronegócio

Mercado do boi gordo segue pressionado

Pelo lado da demanda, o ritmo está lento
Por:
Mercado pressionado devido às escalas mais confortáveis dos frigoríficos.

Na última quinta-feira (24.07) houve queda nos preços a prazo para o boi gordo em 11 praças pecuárias. Para a vaca, os recuos ocorreram em sete praças, nas mesmas condições.

Segundo levantamento da Scot Consultoria, em São Paulo, a referência para o animal terminado está em R$119,00/@ à vista. Existem ofertas de compra em até R$117,00/@. Entretanto, neste patamar, ocorrem apenas negócios pontuais e com lotes menores.

Como a capacidade de retenção de boiadas de cocho é pequena, e em razão do bom volume de animais de confinamento nesse período, a pressão baixista tem ganhado força e surtido efeito nas praças onde este sistema é mais representativo.

Em Mato Grosso, houve queda na referência em três das quatro praças pecuárias.

Pelo lado da demanda, o ritmo está lento.

O boi casado de animais castrados teve recuo e é negociado por R$7,40/kg. Queda de 5,6% em um mês.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink