Agronegócio

Mercado do boi gordo termina a semana firme

São cada vez menos frequentes as tentativas de pagamentos abaixo da referência
Por: -Gustavo Aguiar
772 acessos
No fechamento da semana passada (20/9), os preços à vista para o boi gordo subiram em 15 praças pecuárias, incluindo as localizadas em estados vizinhos a São Paulo, como Minas Gerais, Goiás e Mato Grosso do Sul.

São cada vez menos frequentes as tentativas de pagamentos abaixo da referência, que ficou estável em São Paulo, em R$107,00/@, à vista.

As programações de abate no estado atendem, em média, quatro dias úteis. A baixa disponibilidade de boiadas terminadas dificulta o alongamento das escalas.

No Rio Grande do Sul, a semana passada foi bem ofertada, com muitos pecuaristas retirando os animais para começarem o plantio das lavouras no estado.

O mercado atacadista apresentou alta, e o boi casado de animais castrados ficou cotado em R$6,90/kg, alta semanal de 3,6%.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink