Mercado do milho deve ficar equilibrado em 2021, diz consultoria
CI
Imagem: Nadia Borges
EXPECTATIVA

Mercado do milho deve ficar equilibrado em 2021, diz consultoria

Perdas estimadas para a safra no RS e SC contribuem para consolidar a perspectiva de mercado
Por: -Aline Merladete

As nossas expectativas apontam para preços internacionais do milho firmes no curto prazo diante do cenário de balanço apertado nos Estados Unidos e de mais um ano de déficit global, o que deve trazer os níveis de estoques no mundo para 290 milhões de toneladas, o menor patamar desde a safra 2014/15. É válido ressaltar que esse número pode ser revisado para baixo diante das incertezas acerca da safra argentina, que está sendo plantada agora e que poderá ser afetada negativamente pelo La Niña, e também
da safra brasileira.

No último relatório do Agro Mensal, foi citado que o combustível adicional para as cotações internacionais do milho pode vir do aumento das importações chinesas de tal produto. Além das adversidades enfrentadas na safra atual, a elevação da demanda para a produção de ração diante da recomposição do rebanho suíno pode levar à um aumento das compras daquele país. As contratações de milho para a safra 20/21 somente dos Estados Unidos já somam 11 milhões de toneladas. No total da safra 19/20 as importações somaram 7,5 milhões de toneladas.

Apesar de ainda ser muito cedo, outro fator que pode ajudar a sustentar as cotações internacionais é o quadro mais favorável ao plantio de soja nos Estados Unidos na  próxima safra em detrimento do milho diante dos preços mais atrativos da oleaginosa. Se isso implicar em uma redução de área, o balanço local poderá ficar ainda mais apertado na safra 21/22.

No Brasil, o cenário ainda aponta para preços firmes no curto prazo apesar de ser esperado uma possível queda até o fim do ano com vendedores limpando os estoques para a chegada da safra de verão. Entretanto, as perdas estimadas para a safra no RS e SC contribuem para consolidar a perspectiva de mercado bastante equilibrado no 1º semestre do próximo ano, o que tende a sustentar as cotações no mercado doméstico.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink