Mercado do suíno segue em queda
CI
Agronegócio

Mercado do suíno segue em queda

No mercado externo, em 2011 o Brasil bateu recorde de exportações
Por:
O excesso de oferta de caraça in natura continua e gerou, novamente, queda de preços no mercado atacadista. A alta concorrência fez os preços da carcaça suína recuarem, de R$5,10/kg para R$4,40/kg nos últimos trinta dias.

Em São Paulo, a arroba do animal terminado é negociada por R$52,00, recuo de 10,34% em relação ao início do mês, quando o suíno terminado estava cotado em R$58,00/@.

No mercado externo, em 2011 o Brasil bateu recorde de exportações

Segundo dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), foram embarcados em dezembro de 2011, 32,97 mil toneladas de miúdos suínos, ante 5,68 mil toneladas no mesmo período em 2010, aumento de 480,04%.

No acumulado do ano foram embarcadas 456,91 mil toneladas, volume 681,04% maior, que o de 2010 (58,5 mil toneladas).

Um dos motivos deste resultado é a entrada da China no grupo de países importadores de carne suína. Os países asiáticos são os principais consumidores de miúdos suínos.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.