Mercado futuro para o milho pode negociar duas vezes a produção nacional
CI
Agronegócio

Mercado futuro para o milho pode negociar duas vezes a produção nacional

Por: -Admin

O mercado futuro de milho pode crescer negociando duas vezes a produção nacional, ou 80 milhões de toneladas e pode atrair investimentos estrangeiros a exemplo do café, que hoje tem 30% dos contratos atrelados a investidores de fora. A afirmação é do diretor de mercados agrícolas da Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F), Félix Schouchana.

Conforme o dirigente, a função do mercado futuro é planejar a comercialização e o financiamento da produção. "Muitas empresas ainda não tem experiência para administrar de forma tranqüila o risco de preço. O gerenciamento efetivo de risco envolve a antecipação de resultados e o planejamento de estratégias. Não basta reagir aos eventos depois que ocorrem", disse o diretor da BM&F.

Para ele, o grande feito do mercado futuro foi isolar risco de preço da oscilação de preço. Com isso, a operação na bolsa ficou muito mais barata, fazendo com que houvesse maior liquidez e transparência nas negociações.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink