Agronegócio

Mercado mundial de tratamento de solo vai atingir U$S 28,9 bilhões em 2017

A taxa composta de crescimento anual será de 8,5%
Por: -Leonardo Gottems
2687 acessos


A receita do mercado global de tratamento de solo deve chegar a US$ 28,9 bilhões em 2017, com um CAGR (taxa composta de crescimento anual) de 8,5% a partir de 2012. É o que aponta o relatório “Mercado Global de Tratamento de Solo”, elaborado pela empresa
MarketsandMarkets.
 
Foram elencados produtos utilizados para a correção do perfil físico, biológico e nutricional do solo. Esses itens melhoram as condições de crescimento das plantas equilibrando o pH, adicionando matéria orgânica, restaurando a atividade microbiana, aumentando a retenção de umidade e reduzindo a compactação.
 
O segmento de proteção do solo abrange produtos de controle de pragas e ervas daninhas, e detém a maior fatia de mercado. Já o segmento de aditivos orgânicos melhoram a fertilidade e qualidade do solo utilizando esterco animal, resíduos de culturas, lodo de esgoto e compostos.

 
Os resíduos culturais são o sub-segmento de maior e mais rápido crescimento. O calcário e o gesso agrícola respondem por mais de 93% do mercado global de reguladores de pH. São usados como agentes para o tratamento de solos e para reduzir a concentração de alumínio.
 
A região da Ásia-Pacífico representa a maior participação no mercado mundial de reguladores de pH. No entanto, a Europa é o mercado que mais cresce, projetando atingir US$ 269,4 milhões em 2017.
 
A crescimento da população mundial, a diminuição das terras agriculturáveis e o aumento da degradação do solo serão os fatores-chave para a expansão do mercado de tratamento do solo. Também vão influir neste cenário as crescentes preocupações ambientais e o aumento da agricultura orgânica.

 
As empresas deste mercado estão trabalhando juntas para desenvolver novos produtos e para reforçar posições em novos mercados. Por outro lado, a crescente aceitação e demanda por sementes tolerantes a herbicidas é um dos fatores restritivos para o mercado de tratamento de solo.
 
Os principais players desta indústria são empresas como Syngenta AG (Suíça), Arysta LifeScience (Japão), Novozymes A/S (Dinamarca), Solvay SA (Bélgica), BASF (Alemanha), Monsanto Company (EUA), Arkema SA (França) , Kanesho (Bélgica), AgraQuest Inc. (EUA) e AMVAC Chemical Corporation (EUA).

 
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink