Mercados de carne bovina estão cada vez mais exigentes.

Agronegócio

Mercados de carne bovina estão cada vez mais exigentes.

Os abates de bovinos em 2016 no Brasil caíram 3% no primeiro semestre, segundo dados do IBGE.
Por:
305 acessos

“O Brasil produz ao redor de 9,5 milhões de toneladas de carne bovina por ano, sendo 3,7 milhões de toneladas de cortes dianteiros; 4,6 milhões de toneladas de cortes traseiros e 1,23 milhão de tonelada de ponta de agulha. A questão é: como comercializar esses volumes da melhor maneira possível com rentabilidade e diversificação”. O questionamento é de Alcides Torres, diretor da Scot Consultoria e presidente da Associação dos Profissionais da Pecuária Sustentável (APPS), palestrante do painel sobre Mercados na 9ª Interconf, em Goiânia (GO).
 
Os abates de bovinos em 2016 no Brasil caíram 3% no primeiro semestre, segundo dados do IBGE. “Essa queda na oferta não tem sido fator de sustentação dos preços da carne, pois quem determina o patamar de cotações é o mercado”, ressalta Torres. “Está aí um desafio importante para o pecuarista, que não deve ficar esperando pelo melhor preço. Ele precisa jogar com o dinamismo do mercado”.

O mesmo movimento de baixa do rebanho brasileiro é verificado em termos mundiais, porém a vantagem brasileira é o aumento da produtividade, destaca Leonardo Alencar, gerente executivo de inteligência de mercado na Minerva Foods. “A tendência da demanda é crescente. Os principais fatores de aumento do consumo permanecem. É o caso da ocidentalização, urbanização nos países asiático , crescimento populacional global e aumento de renda. Ou seja, trata-se de excelente oportunidade para o Brasil. O cenário é otimista para a próxima década”, entende Alencar.
 
“Novos mercados, como os Estados Unidos, que acabam de receber os primeiros embarques de carne brasileira, representam uma injeção de ânimo no mercado. Até agora, o Brasil exportava para apenas 50% do mercado comprador mundial; com a entrada dos EUA, ampliamos o potencial de vendas e atraímos outros países. O futuro é promissor para a carne brasileira”, assinala Alisson Navarro, diretor de exportação da Marfrig Foods.
 
A 9ª Conferência Internacional de Pecuaristas (Interconf) acontece em Goiânia (GO), até quinta-feira, dia 22 de setembro. Mais informações e inscrições: www.interconf.org.br.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink