Mesmo com a oferta reduzida, a pressão de baixa continua

Agronegócio

Mesmo com a oferta reduzida, a pressão de baixa continua

De acordo com dados da Scot Consultoria, várias indústrias paulistas se posicionaram fora das compras na última sexta-feira
Por:
276 acessos
Os frigoríficos continuam exercendo pressão de baixa em diversas praças do País.

De acordo com dados da Scot Consultoria, várias indústrias paulistas se posicionaram fora das compras na última sexta-feira (07). Outras abriram ordens de compra mais baixas pela arroba do boi gordo. A oferta segue restrita. Sendo assim, quando ocorrem negócios, os lotes são pequenos e picados. As escalas atendem entre 5 e 6 dias.

O preço-referência se mantém em R$80,00/@, a prazo, para descontar o funrural.

Existem cenários diferentes de acordo com o porte da empresa. Os grandes frigoríficos possuem escalas mais longas e oferecem preços mais baixos. Os frigoríficos de menor porte apresentam escalas mais curtas e oferecem preços mais altos.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink