Mesmo com ritmo fraco de negócios, preço do algodão sobe
CME MILHO (SET/20) US$ 3,262 (3,69%)
| Dólar (compra) R$ 5,38 (-1,28%)


Algodão

Mesmo com ritmo fraco de negócios, preço do algodão sobe

Baixa oferta da pluma e a postura firme dos vendedores ativos têm elevado as cotações no mercado brasileiro
Por:
200 acessos

A baixa oferta da pluma, especialmente de lotes de boa qualidade (41-4 acima), e a postura firme dos vendedores ativos têm elevado as cotações no mercado brasileiro, conforme informações do Cepea. De 20 a 27 de março, o Indicador do algodão CEPEA/ESALQ, com pagamento em 8 dias, subiu 0,73%, fechando a R$ 3,0282/lp nessa terça-feira, 27. No acumulado de março (até o dia 27), a alta é de fortes 6,56%.

Quanto às exportações da pluma, segundo dados da Secex, até o final da quarta semana de março/18, a média diária dos embarques esteve em 2,2 mil toneladas, 25,9% inferior à de fevereiro/18. De janeiro a março/18, as vendas somam 171 mil toneladas. Em faturamento, a média diária está em US$ 3,9 milhões, 24,4% menor que os US$ 5,1 milhões do mês anterior. O preço médio de março em dólar, de US$ 1.738,9/t, está 2% acima do de fevereiro/18 e 2,9% superior ao de março/17. Em Reais, a média está em R$ 5.685,67/t, respectivos aumentos de 2,9% e de 7,6%, nas mesmas comparações, ainda de acordo com a Secex.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink