México banirá glifosato até 2024
CI
Imagem: AgrolinkFito
MAIS UM

México banirá glifosato até 2024 

Substituição deve começar logo
Por: -Leonardo Gottems

O governo do México publicou recentemente, no website da Comissão Nacional de Melhora Regulatória (Conamer), que irá iniciar um processo de substituição total do glifisato até o ano de 2024. As entidades que compõem a administração pública federal deverão realizar ações para "substituir gradualmente o uso, aquisição, distribuição, promoção e importação do glifosato e agroquímicos que contenham a substância como ingrediente ativo, por alternativas sustentáveis e culturalmente adequadas". 

De acordo com o que foi divulgado, o projeto recomenda também que, a partir da entrada em vigor do decreto, entidades do governo federal não utilizem, distribuam, promovam ou importem o glifosato. Ainda de acordo com o projeto do governo mexicano, o uso de milho geneticamente modificado para consumo humano não será permitido após 31 de janeiro de 2024. 

Essas medidas têm como objetivo "contribuir para a segurança e a soberania alimentares e proteger o milho nativo, a riqueza biocultural, as comunidades camponesas, o patrimônio gastronômico e a saúde dos mexicanos". Segundo o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA), a maior parte do milho norte-americano importado pelo México é usado em ração animal, mas parte é importada para fabricação de cereais matinais, amidos e outros produtos processados. 

Ainda de acordo com o USDA, os EUA exportaram US$ 2,7 bilhões em milho para o México em 2019. O projeto está em período de consulta pública e precisa ser aprovado pelas secretarias de Agricultura e Desenvolvimento Rural, de Meio Ambiente e Recursos Naturais, de Saúde, da Fazenda e Crédito Público, e de Economia. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink