Crescimento

Michael Page detecta crescimento de 25% no recrutamento de executivos com perfil técnico e de gestão em 2017

Empresas do agronegócio investem na contratação de profissionais mais experientes e qualificados
Por:
73 acessos

Empresas do agronegócio investem na contratação de profissionais mais experientes e qualificados para conduzirem seus processos de expansão

Responsáveis por 23% do PIB brasileiro em 2017, as empresas do agronegócio também decidiram investir na contratação de profissionais mais experientes e qualificados no ano passado. Segundo a Michael Page, empresa líder mundial em recrutamento executivo de média e alta gestão, parte do PageGroup, houve  aumento de 25% na contratação de trabalhadores com perfil técnico e de gestão no ano passado frente a 2016.

Os cargos mais demandados no ano passado foram direcionados às áreas de Operações, Finanças e Vendas. Figuram nesta lista gestores de fazenda (R$ 10 a R$ 25 mil), coordenadores Técnicos (Irrigação, Tratos Culturais, Monitoramento de Pragas, Controle de Qualidade - R$ 6 a R$ 12 mil), Controller (R$ 12 a R$ 16 mil), Coordenadores e Gerentes Comerciais (R$ 7 a R$ 12 mil + variável). As contratações para a área de Operações representaram 50%, seguida por Finanças (30%) e Vendas (20%).

De acordo com Marcelo Botelho, gerente da Michael Page para o setor Agro, essa demanda foi impulsionada por companhias que buscam expandir seus processos. “Há um movimento de profissionalização de grandes grupos desse segmento e uma crescente necessidade de contratar gestores para posições estratégicas. Serão essas pessoas as responsáveis pela nova fase que essas empresas estão optando, seja para estruturação de processos, ampliação de mercado ou internacionalização da operação. É um movimento crescente e recente e que não deve parar mais. Estamos otimistas com esse setor em 2018”, conta.

O consultor da Michael Page também revela o perfil mais frequente de profissionais que as empresas têm buscado no mercado. “Estamos falando de executivos com capacidade de dialogar, de construir um legado, além de uma formação técnica apurada, preferencialmente ancorada em universidades de referência. MBA e segundo idioma também são diferenciais buscados nessas pessoas”, revela Botelho.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink