Milho: colheita acelerada reduz preços e estimula negócios no Mato Grosso

Agronegócio

Milho: colheita acelerada reduz preços e estimula negócios no Mato Grosso

Economistas, no entanto, alertam que nova estimativa não levou em conta todas as perdas produtivas
Por:
329 acessos

Economistas, no entanto, alertam que nova estimativa não levou em conta todas as perdas produtivas

O ritmo considerado “acelerado” da colheita do milho safrinha em Mato Grosso tem ajudado a reduzir preços e estimulado negócio no mercado interno. A avaliação é do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea). De acordo com o relatório, a safra atual leva vantagem em comercialização, em relação ao mesmo período da safra anterior.

Os economistas, no entanto, alertam que a nova estimativa de comercialização não levou em conta todas as perdas produtivas decorrentes dos problemas enfrentados na atual safra. “Para os próximos meses é esperado que as negociações voltem ao padrão de poucos avanços, visto que a disponibilidade do cereal a ser comercializado está abaixo do que se esperava”.

Outro ponto destacado pelo instituto é sobre o “movimento de alta nos preços em virtude da pouca oferta” que não foi observado em agosto. Para os especialistas, tal situação pode “impactar no fechamento das vendas pelos produtores”. Até o momento, foram comercializados 79,4% de uma produção de 19 milhões de toneladas. A estimativa é 3,2% maior em relação ao mesmo período da safra anterior, quando haviam sido comercializados 76,2% do total produzido. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink