Milho: Empurrão dos EUA
CI
Agronegócio

Milho: Empurrão dos EUA

Às vésperas do início da colheita do milho safrinha, os preços do cereal continuam em queda livre
Por:
Às vésperas do início da colheita do milho safrinha, os preços do cereal continuam em queda livre nas principais praças de comercialização do Brasil. Em relatório divulgado na segunda-feira, a FCStone mostrou que a as cotações do grão chegaram a recuar até 10% no mercado físico brasileiro, pressionadas pela expectativa de melhora no clima dos Estados Unidos. Segundo a consultoria, apesar de o plantio ainda estar atrasado no país, os trabalhos devem começar a ganhar ritmo a partir de agora. “Ainda estão previstas chuvas para esta quarta-feira, (…) mas há previsão de clima mais seco e quente nas próximas semanas”, diz o documento.


De acordo com o Departamento de Agricultura dos EUA, o Usda, apenas 5% da área prevista para o milho nesta temporada foram semeados, um avanço semanal de apenas um ponto percentual. Nesta mesma data em 2012, o índice chegava perto de 50%. O normal para esta época do ano é o plantio de um terço da área.


A FCStone ressalta que “como regra geral, 1.º de junho é considerada a data limite na região central do cinturão do milho nos EUA, a partir da qual o milho é abandonado e os produtores migram para a soja”. Em março, o Usda estimou 39,4 milhões de hectares de milho e 31,2 de soja nos EUA. Conforme a consultoria, o próximo relatório de oferta e demanda (10/maio) deve trazer “estimativas de rendimento robustas e produção volumosa, o que deixará os níveis de estoque da safra 2013/14 em situação adequada”.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.