Milho: EUA esperam queda de Brasil e Argentina para retomar exportações
CI
Agronegócio

Milho: EUA esperam queda de Brasil e Argentina para retomar exportações

Exportações teriam recuado nos últimos dois meses
Por: -Leonardo Gottems

De acordo com o CME Group, controlador da Bolsa de Cereais de Chicago, os Estados Unidos aguardam por um declínio nas vendas externas de Brasil e Argentina para voltar à ativa no mercado mundial. Segundo eles, as exportações de milho brasileiras têm recuado significativamente nos últimos dois meses, perdendo espaço para embarques recordes de soja.

Para o CME, o mesmo deve ocorrer com os argentinos em breve, o que pode ampliar a janela para os EUA retomarem sua presença em âmbito global, apesar do pior prêmio que oferecem em relação a outros fornecedores. Os grandes compradores mundiais já cobriram seus suprimentos para junho, mas ainda há uma lacuna de abastecimento até a nova safra. 

No entanto, o cenário já deve ser diferente no 4 º trimestre de 2013. Para o final do ano, o mercado vê um potencial de produção robusto no Brasil, com o país conquistando uma grande parcela da demanda mundial.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.