Milho: Indicador segue em queda e preocupa produtores
CI
Agronegócio

Milho: Indicador segue em queda e preocupa produtores

Entre 29 de setembro e 6 de outubro, o Indicador Esalq/BM&FBovespa caiu 0,56%, fechando a R$ 22,86/saca de 60 kg
Por: -Renata

Os preços internos do milho seguiram em queda nos últimos dias. Entre 29 de setembro e 6 de outubro, o Indicador Esalq/BM&FBovespa (região de Campinas – SP) caiu 0,56%, fechando a R$ 22,86/saca de 60 kg. Em setembro, a queda acumulada foi de 6,3%. Os números preliminares divulgados pela Secex na última quarta-feira, 1º, sobre as exportações brasileiras de milho em setembro confirmam as expectativas de que as vendas externas estão realmente fracas. Foram embarcadas 274,3 mil toneladas em setembro, 6,2% a menos que em agosto e 79,6% inferior ao volume de set/07. No acumulado deste ano, houve queda de 44% nas vendas externas em relação ao mesmo período de 2007. Os estoques de passagem do Brasil devem ficar expressivamente altos, podendo ser os maiores da história. Dessa forma, a situação do produtor brasileiro de milho que tem estoque é preocupante. Já para compradores, a situação é de alívio sobre os custos de produção. Para eles, fica a expectativa de que os preços não reduzam de forma mais intensa que no mercado de milho. Nesse cenário, o comprador de milho no Brasil segue retraído, apostando em novas quedas de preços, e as compras ocorrem praticamente da “mão para a boca”. As informações são da assessoria de imprensa do Cepea.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.