Milho/CEPEA: Preço interno segue em forte baixa
CI
Agronegócio

Milho/CEPEA: Preço interno segue em forte baixa

Retração compradora e ofertas mais expressivas da Ucrânia e da Argentina pressionaram os valores internacionais
Por:

As cotações do milho seguem em expressiva queda no mercado brasileiro, de acordo com dados do Cepea. Apesar de os estoques mundiais estarem baixos e a relação estoque/consumo em 14,1%, o que não era observado desde a safra 1973/74 (quando foi de 11,8%), a retração compradora e ofertas mais expressivas da Ucrânia e da Argentina pressionaram os valores internacionais e, conseqüentemente, as cotações nos portos brasileiros. Por sua vez, os preços no interior do Brasil também registraram quedas significativas, segundo levantamentos do Cepea. As expectativas de maior oferta da safra de verão no Brasil também influenciaram as baixas. Entre 21 e 28 de novembro, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa (região de Campinas-SP; valores a prazo são convertidos para à vista pela taxa de desconto CDI) caiu fortes 8,4%, fechando a R$ 27,27/saca de 60 kg na segunda-feira, 28. Se considerada a taxa de desconto NPR, na região de Campinas, o preço médio à vista foi de R$ 26,78/sc de 60 kg na segunda-feira, com recuo de 8,4% no mesmo período.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.