Milho em baixa com oferta em excesso

MERCADO

Milho em baixa com oferta em excesso

Nova queda expressiva do dólar nesta terça-feira voltou a desestimular as exportações
Por: -Leonardo Gottems
114 acessos

O Indicador do Cepea registrou nesta terça-feira (09.10) queda de 1,47% nos preços médios do milho da B3, para R$ 37,56, aumentando a queda mensal de outubro para 4,67%. Já a média Cepea coletada também nesta pesquisa diária junto ao mercado físico de Campinas registrou quedas maiores, de 1,68% no dia, para R$ 36,92/saca, aumentando a queda mensal de outubro para 4,91%.

“A nova queda expressiva do dólar nesta terça-feira voltou a desestimular as exportações, fazendo os vendedores, principalmente do Mato Grosso, maior produtor brasileiro de milho, se voltarem para o mercado interno para escoar a sua produção. Há a preocupação em desocupar aos poucos os armazéns em função da safra de verão que se avizinha (daqui há somente dois meses) e os estoques ainda são grandes”, explica o analista da T&F Consultoria Agroeconômica, Luiz Fernando Pacheco.

Segundo ele, isso faz pressão de vendas e, consequentemente, sobre os preços, cujos níveis continuam a cair dia-a-dia. “Os compradores, por sua vez, se abastecem da mão para a boca, para não aumentar a sensação de que a demanda está ativa e, com isto, aumentam o desespero dos vendedores que precisam se desfazer dos lotes”, complementa.

O que pesa sobremaneira neste momento, diz Pacheco, são os grandes estoques existentes no país, cerca de 30% a mais do que o estimado inicialmente, fruto de dois movimentos: “A redução nas exportações, que passaram de 30MT para 20MT nas últimas estimativas do mercado; e a própria retenção de produto feita pelos vendedores na tentativa de criar escassez e fazer os preços subirem, ao dar ouvidos à falsa sensação de falta de produto provocada pela quebra da safrinha que no entanto, foi compensada pelo aumento dos estoques não vendidos nos últimos meses”.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink