Agronegócio

Milho estável em Chicago - Análise Agrolink

O tempo é visto como uma força negativa
Por: -Leonardo Gottems
2337 acessos


A Bolsa de Cereais de Chicago registrou nesta segunda-feira (23.09) alta de 2 de centavos de dólar no preço do milho nos contratos de Dezembro deste ano, fechando em US$ 4.53. O tempo é visto como uma força negativa, e os traders apontam viés negativo na colheita ativa desta semana e na falta de previsão de tempo frio.

 
A notícia de que o México comprou 197.200 toneladas de milho dos EUA ajudou a fornecer algum apoio. Também estão preocupados com a condição de sobrevenda do mercado, com alguns pessimistas vislumbrando a possibilidade de cobertura frente ao relatório do USDA, previsto para a próxima segunda-feira (30.09). Traders projetam o progresso da colheita perto de 11% na atualização semanal desta tarde, em comparação com os 39% do ano passado neste mesmo ponto.

 
A inspeção de exportação semanal ficou em 17,9 milhões de bushels, em comparação com 20,2 milhões, da semana passada. Esse número precisa ser, em média, de 23,8 milhões de bushels por semana para atingir a projeção do USDA para o ano.
 
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink